Seguros Residenciais - Confira Como Funciona Cada Um!

Publicidade

No Brasil, os seguros de carros e motos são bem mais populares e comuns do que os seguros residenciais. No entanto, contratar um seguro para proteção de um imóvel também é essencial. Então, de acordo com o plano de seguro que contratar, pode ter garantia de proteção em casos de enchentes, roubos, incêndios e outros tipos de danos.
Publicidade

Mas, o que muita gente não sabe é que essas coberturas podem ser feitas com um seguro por um valor mais baixo do que pensa. Por exemplo, um dono de imóvel avaliado em R$ 100 mil, deve pagar por ano cerca de R$300 por um seguro com cobertura básica. Mas, para que consiga ficar por dentro de todos os dados sobre o assunto. Separamos nesse artigo diversos dados para que veja como funciona o Seguro Residencial.

Seguros Residenciais - Confira Como Funciona Cada Um!

Quais são os tipos de coberturas do Seguro Residencial?

De modo geral, para que peça a cotação de um seguro para seu imóvel, pode optar por cobertura básica e outros tipos de proteções adicionais. Por exemplo, na versão básica de um seguro de casa pode ter reembolso em casos de quedas de raios, explosões e incêndios. Dessa forma, esse tipo de proteção costuma estar com valor bem mais barato. Contudo isso pode variar de acordo com a região do seu imóvel e se a opção básica é suficiente para proteger sua residência.

Seguros Residenciais com cobertura Básica:

Essa opção de seguro para sua casa para que tenha reembolso em algumas situações. Ou seja, incêndios, explosões e queda de raios. Dessa forma, quando contrata esse tipo de seguro, todos os danos causados em seu imóvel ou com itens dentro do seu imóvel podem fazer ser reembolsados por parte da seguradora.

Seguros Residenciais com coberturas adicionais:

Além das coberturas básicas de um seguro para sua casa, existem diversos tipos de serviços que pode contratar para que tenha uma proteção ainda maior para sua residência. Dessa forma, pode evitar prejuízos e obter coberturas além das que são fornecidas em um plano de seguro básico. Veja abaixo quais são os tipos de coberturas básicas de seguros de residência:

Publicidade

  • Danos elétricos.
  • Roubo e furto.
  • Reparos ou troca de vidros ou espelhos.
  • Cobertura para alagamentos e inundações.
  • Por fim, cobertura completa para colisão de veículos em seu imóvel.

De que forma é feito o calculo dos Seguros Residenciais?                                

Sem dúvidas, primeiro o valor vai depender de forma exclusiva da quantidade de coberturas contratadas por parte do cliente. No entanto, existem diversos outros fatos que podem mudar o valor do seguro residencial. Por exemplo, onde o imóvel está localizado. Isso porque, os seguros para uma casa de férias podem ter um valor mais alto por ser um imóvel que não está sempre habitado. Além disso, também deve levar em conta todos os gastos para manter o seguro para esse imóvel.

Publicidade

Desse modo pode variar de 0,1% a 0,3% do que deve ser pago para seguradora em casos de precisar acionar o seguro. Sendo assim, um imóvel avaliado em R$100 mil pode ter um valor seguro residencial de R$100 a R$300 por ano. Mas os valores podem variar de acordo com o tipo de cobertura escolhida por casa cliente.

Dica:

Hoje em dia, a grande parte das seguradoras podem ter valores diferentes na hora de oferecer planos de seguros para casa. Sendo assim, caso decida que deseja fechar a contratação de um seguro residencial. Busque primeiro fazer simulações em diversas empresas para que compare as propostas e condições de cada lugar. Afinal, fazendo isso pode ter acesso a dados para que feche um bom negócio.

Os seguros residenciais é a melhor opção para que proteja a sua casa e tenha garantias e diversos tipos de situações. Dessa forma vai poder contratar o seu seguro residencial de forma simples e pratica para ter o seu lar com proteção.

Relacionados

Comentário Fechado.

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - 2022